Últimas Notícias »

Votar

POLÍCIA CIVIL ESCLARECE FALSO ROUBO E INDICIA JOVEM POR FALSA COMUNICAÇÃO DE CRIME

  POLÍCIA CIVIL ESCLARECE FALSO ROUBO E INDICIA JOVEM POR FALSA COMUNICAÇÃO DE CRIMEClique para Ampliar
 
A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Divisão de Combate a Furtos e Roubos, esclareceu falso roubo registrado no dia 08 de agosto de 2020 e indiciou jovem por falsa comunicação de crime.  
 
Uma mulher acionou a polícia dizendo que o seu marido havia sido sequestrado, que ele havia dito isso logo após sair da casa de uma amiga do casal situada no bairro Dehon. Os policiais estiveram no local e o indivíduo disse a eles que teria sido abordado por três indivíduos armados, colocado dentro do carro, e levado até um certo ponto da cidade, onde foi deixado. Os "assaltantes" não teriam subtraído o veículo ou qualquer outro pertence , mas apenas R$ 40,00 que a suposta vítima trazia consigo. 
 
O sobreaviso da investigação da Polícia Civil esteve no local e pode verificar vestígios de cocaína no interior do veículo. 
 
Policiais desta divisão angariaram imagens das proximidades da onde o fato teria ocorrido e ao analisá-las foi possível se confirmar que a versão apresentada pela vítima era falsa, uma vez que nelas era possível ver a vítima entrando em seu carro e, cerca de 40min depois, retornando ao local. Não foi possível perceber qualquer movimentação atípica no local que pudessem confirmar o roubo noticiado pelo falsário. 
 
A falsa vítima foi intimada para prestar esclarecimentos e inicialmente confirmou a versão anteriormente apresentada, porém, logo em seguida, contou o que realmente aconteceu. O indivíduo disse ao Delegado que na verdade havia consumido muita bebida alcoólica naquela noite e sentiu vontade de usar cocaína e, como não conhecia muito bem Tubarão, resolveu ir à cidade de Laguna adquirir a droga, contudo, durante a viagem, passou a receber ligações de sua esposa e para justificar o seu sumiço inventou toda a história fantasiosa. 
 
A Polícia Civil alerta a população de que comunicar à polícia crime que não ocorreu é crime punido com pena de detenção, de um a seis meses, ou multa. 

Enviar para Amigos | Comente | Imprimir


O que você achou do Portal Tubarão


Olá já curtiu?