Informe PALESTRAS / CURSOS / WORKSHOP »

Votar

Palestra com o jornalista investigativo Roberto Cabrini em Tubarão

Palestra com o jornalista investigativo Roberto Cabrini em TubarãoClique para Ampliar
Fucap e parceiros trazem para Tubarão e região palestra com o renomado Jornalista Roberto Cabrini. Será no dia 28 de setembro na Arena Multiuso. Não perca este grandioso evento!
 
Ingressos também à venda na Secretaria da Fucap e CADIC
Informações (48) 3623-6000 ou 3623-6024


SOBRE ROBERTO CABRINI
 
Francisco Roberto Cabrini é um jornalista de televisão brasileiro. Foi correspondente internacional da Rede Globo em Londres e Nova Iorque. Ganhou os principais prêmios nacionais como repórter investigativo e cobriu seis guerras
 
 
Considerado um dos principais jornalistas brasileiros, especializado em jornalismo investigativo, coberturas de guerras e da defesa dos direitos humanos, ganhou praticamente todos prêmios importantes em seu meio em três décadas de carreira.
 
Roberto Cabrini ingressou na profissão aos 16 anos de idade, atuando em uma rádio e um jornal de Piracicaba, São Paulo. Aos 17 anos, foi contratado pela TV Globo, tornando-se o mais jovem repórter do telejornalismo de rede da história do Brasil. Aos 22 anos, tornou-se o mais jovem correspondente do país, atuando no escritório da TV Globo em Nova Iorque, ao lado de Hélio Costa, Paulo Francis e Lucas Mendes.
 
Em mais de 30 anos de carreira, Roberto Cabrini cobriu seis conflitos internacionais (Afeganistão, Iraque, Palestina, Camboja, Caxemira e Somália); participou de cinco Olimpíadas e cinco Copas do Mundo. Foi correspondente por oito anos - quatro deles em Londres e quatro em Nova York - além de realizar coberturas em mais de 60 países.
 
 
 
Prêmios
1993 - Melhor repórter da TV brasileira - Troféu Imprensa de 1993 (Prêmio recebido em 94- ano em que cobriu a morte de Ayrton Senna e descobriu o paradeiro do fugitivo Paulo César Farias)
1995 - Melhor programa jornalístico (entrevista com Fernando Collor de Mello e documentário no Iraque) - Prêmio APCA de 1995
1995 - Entrevista com Fernando Collor de Mello - apontada pela Revista Veja como a melhor matéria do ano de 1995
1995 - Foi considerado pelo Jornal do Brasil o melhor repórter da televisão Brasileira em 1995
1996 - Documentário Em Nome de Alá, realizado no Afeganistão - ganhador do Vladmir Herzog, em 1996, na categoria TV (quando atuava pelo SBT - SP)[19]
1997 - Documentário Em Nome de Alá - vencedor do 14º Prêmio de Direitos Humanos de 1997, da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos (Arfoc/RS e Brasil)
1998 - Reportagem A verdadeira história do Vôo 254 - vencedora do VI Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo de 1998
1998 - Documentário Investigando a fraudadora do INSS - vencedor do 1º Prêmio Previdência Social de Jornalismo de 1998
2009 - Prêmio Tim Lopes- O chefe do tráfico
2010 - Prêmio Esso de telejornalismo Sexo, Intrigas e Poder (Investigando a Pedofilia na Igreja)
2011 - Troféu Imprensa - Conexão Repórter - melhor programa jornalístico
2012- Troféu Imprensa - Conexão Repórter - melhor programa jornalístico
2012 - Troféu Internet - Conexão Repórter - melhor programa jornalístico
2014 - Troféu MPT (Ministério Público do Trabalho) com a reportagem O doce veneno dos campos do senhor
2015 - Prêmio República (Associação Nacional dos Procuradores da República - 2015 com a reportagem O doce veneno dos campos do senhor
2015 - Prêmio Comunique-se - melhor repórter de mídia falada de 2015
2016 - Troféu Imprensa - Conexão Repórter - melhor programa jornalístico
2017 - Troféu Imprensa - Conexão Repórter - melhor programa jornalístico

Emissoras onde trabalhou
Rede Globo (repórter e correspondente internacional);
SBT (repórter especial, diretor de esportes e correspondente chefe do escritório do SBT em Nova Iorque);
Band (Jornal da Noite, Brasil Urgente) (editor-chefe, âncora e repórter especial);
Record (Repórter Record) (âncora e repórter especial);
Retorno ao SBT (Conexão Repórter) (editor-chefe e âncora).

Enviar para Amigos | Comente | Imprimir


O que você achou do Portal Tubarão


Olá já curtiu?